Pois Nem Tudo São Flores…

Pois Nem Tudo São Flores…

Sim, sim, nós sabemos.

Por mais que seja divertido ficar conversando sobre o quanto o evento foi um sucesso, marco histórico, a melhor criação desde a batata frita e assim por diante (tudo verdade, inclusive), o que você realmente quer é ouvir sobre as partes que saíram errado e, ei, sério mesmo, não estamos te julgando. Nós entendemos. A vida não teria graça se fosse feita apenas de Pintinho Amarelinho; às vezes é preciso escutar Evidências depois de ficar um pouco mais grogue do que qualquer ser humano deveria e chorar descontroladamente no Uber de volta pra casa. É normal.

Sendo normal, então, conosco não foi diferente. Apesar dos meses (e bota meses nisso!) de planejamento para criar o melhor espaço possível, das noites sem sono, de endinheirar o dono da Red Bull e, enfim, apesar do esforço, na hora “H”, como sempre acontece, também tivemos nossas próprias derrapadas. O mais valioso é que, agora que já passou, pelo menos elas se tornam cômicas… né?

A sofrência começou logo na segunda-feira, com o workshop da queridona Patrícia Borges. Isso é algo que ninguém te conta, mas… é um pouquinho mais difícil de cobrir uma pintura em tempo real do que parece. E é um poucão mais difícil ainda em um auditório grande e cheio de pessoas doidas para enxergá-la! Devido às dificuldades da equipe, a professora teve que finalizar o trabalho enquanto a segunda palestra acontecia, mas o crucial é que o resultado foi 10/10.

E o que falar sobre quarta-feira? Problemas técnicos, problemas técnicos por toda parte! Era imagem que não queria aparecer, som que não queria soar, internet que não queria ligar, YouTube que não queria YouTubar e tudo isso na frente da Anna Sant’Anna e da mestre de eventos Ellen Magalhães! Olha, foram tempos difíceis, mas dizem que dificuldade constrói caráter e, sendo assim, o que podemos aprender com eles?

Podemos aprender que manter a calma é a essência de tudo. Imprevistos são inevitáveis – seja no seu trabalho da faculdade, na sua vida pessoal ou na Semana de Publicidade, mas nunca se esqueça: não faz mal. Tenha um plano A, B, C e D e execute-os da forma mais zen possível, certo de que tudo dará, bem, certo. Cada erro é apenas uma oportunidade para aprendizado, e isso foi o que menos faltou nesses cinco dias.

Esperamos que você tenha gostado desse evento o tanto quanto gostamos de realizá-lo!

Liberdade Noturno

Deixe sua mensagem